sábado

Literatura, sexo e auto-censura


Die Spinnen, um filme de Fritz Lang, 1919

«[...] hoje, não me lembro de absolutamente nada do que estava escrito nesse livro (que se perdeu algures, involuntariamente) nem de qual era exactamente a história, mas lembro-me tintim por tintim do que estava escrito na página arrancada.»

[Conta! Conta!]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Escuto.